sábado, 8 de setembro de 2012

Mais nobres que os de Tessalônica

Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo (Atos 17.11, NVI)

Mais nobres que os de Tessalônica
Os bereanos tomaram uma postura honrosa em comparação com os homens de Tessalônica. Os tessalonicenses, em sua maioria, eram movidos pela inveja e eram envolvidos com homens maus, dentre a malandragem. Podemos notar que onde encontramos inveja, preguiça e outras obras malignas, não conseguimos achar o que os bereanos possuíam: forte desejo de examinar as Escrituras. O que nos diz o Salmo 1? Ele nos diz que aquele que evita o modo de ser e agir dos ímpios tem prazer em meditar na Lei do Senhor. Poderíamos citar ainda vários versículos que nos falam que a Palavra de Deus nos afasta do pecado (Sl 119.9,11; Jo 17.17).

Examinar as Escrituras
A fonte de autoridade, a regra perfeita de vida, de fé e de prática deles não consistia de convicções próprias, ou de tradições, ou o que mais agradava a eles, mas, sim, a Palavra de Deus. E o maravilhoso é que até os mais simples adquirem entendimento ao serem alimentados por essa Palavra (cf. Sl 119.130).

Todos os dias
As Escrituras são tão ricas e poderosas que podemos lê-las e relê-las e estaremos aprendendo mais alguma coisa. Podemos ler o mesmo trecho 10 mil vezes e ele soará tão poderoso quanto a 1º vez que o lemos ou o ouvimos. Não é de admirar que o salmista tenha declarado: “Oh! quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia” (Sl 119.97).

Para ver se as coisas eram, de fato, assim
Encontramos nesse povo a disposição de analisar a Palavra de Deus com o coração e a mente abertos. Eles não eram movidos por preconceito; nem tampouco analisavam a Bíblia procurando provar o contrário, mas eles estavam fazendo uma verdadeira investigação: “Bem você me falou isso, mas preciso saber se está de acordo com a Lei de Deus”. Imaginem esses crentes falando isso para o apóstolo Paulo!

O apóstolo João nos alertou: “Muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora” (1 Jo 4.1) e estes tem pervertido as Escrituras. E a Bíblia Sagrada nos manda estar preparados. O apóstolo Pedro escreve: “Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (1 Pe 3.15). Existem muitas seitas que nos apresentam questões contrárias às Escrituras; e nós temos que estar prontos para respondê-las. Por exemplo: Por que você crê na ressurreição em vez de reencarnação? (Hb 9.27) Por que você não acredita no evangelho que o anjo Moroni nos entregou? (Gl 1.8). Esta preparação só pode ser adquirida através da leitura bíblica.

A prática dos bereanos deve ser também a nossa
Por quê? Porque deixar a Bíblia de lado é estar desperdiçando a oportunidade de ouvir a voz de Deus! (2 Tm 3.16). Spurgeon disse certa vez: “A Bíblia fala no tom de voz do próprio Deus”. E Deus quer que ouçamos Sua voz: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Ap 2.29) — precisamos conhecer a voz do nosso Bom Pastor, se somos realmente suas ovelhas (Jo 10.27).

Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho (Sl 119.105)

Sem a luz da Palavra de Deus não vemos os obstáculos, nem os buracos do caminho. Portanto, sem a Bíblia nós iremos tombar, sem as Escrituras nós vamos cair. Portanto, que esta Palavra nos guie, que possamos amar as Escrituras, estar preparados, e que possamos ouvir a voz do Bom Pastor.

Marco Antonio da Silva Filho