segunda-feira, 2 de julho de 2012

Epístola a Tito



1.    Esboço da Epístola:
I.       SAUDAÇÃO A TITO, DELEGADO APOSTÓLICO DAS IGREJAS DE CRETA (1.1-4)
II.      ORIENTAÇÕES GERAIS PARA REFORMAR A VIDA DA IGREJA DE CRETA (1.5-16)
a)    Liderança espiritual qualificada e madura (1.5-9)
b)    Como lidar com os judaizantes e heréticos (1.10-16)
III.    ORIENTAÇÕES QUANTO À PREGAÇÃO EXPOSITIVA DA PALAVRA (2.1-15)
a)    Sobre a responsabilidade moral dos cristãos (2.1-10)
b)    Para homens e mulheres idosos na igreja (2.2-5)
c)    Para jovens da Igreja (2.6-8)
d)    Para os escravos – trabalhadores – (2.9,10)
e)    Relação necessária entre salvação e ética pessoal (2.11-15)
IV.    ORIENTAÇÕES FINAIS SOBRE A ATITUDE CRISTÃ NO MUNDO (3.1-15)
a)    Responsabilidades civis e sociais dos cristãos (3.1,2)
b)    Qualquer pecador pode ser salvo em Cristo (3.3-7)
c)    Pregar o Evangelho e não discutir com os legalistas (3.8-11)
d)    Pedidos, saudações finais e bênção apostólica (3.12-15)

2.    Autor da Epístola:
Apóstolo Paulo (1.1).

3.    O tema da Epístola:
A organização de uma verdadeira igreja de Cristo, e um apelo à Igreja para ser fiel a Cristo.

4.    A data em que foi escrita:
Foi escrita entre 63-67 d. C. (Na mesma época em que foi escrita a primeira epístola a Timóteo).

5.    O propósito da Epístola:
Instruir a Tito acerca da organização e da administração da igreja cretense, além de dirigi-lo no método de tratar com o povo. Fortalecer a autoridade pastoral de Tito a fim de que ele pudesse vencer a oposição herética que se levantara. Fornecer orientações acerca do exercício de uma fé cristã autêntica. Informar Tito quanto a planos futuros.

6.    Características especiais dessa epístola:
A Epístola tem muito em comum com 1 Timóteo, porém com maior ênfase na organização e na administração da Igreja.
Essa epístola faz parte do grupo de epístolas paulinas denominado epístolas pastorais juntamente com 1 e 2 Timóteo.
Possivelmente foi escrita enquanto Paulo estava em terras macedônias.

7.    Comentário pessoal
A Epístola de Paulo a Tito é uma leitura indispensável ao líder cristão. O pastor encontrará nessa carta recomendações de um homem experimentado acerca da administração e instruções de conduta a serem repassadas para toda a igreja. São apresentadas também as características daqueles que estão aptos para liderança espiritual.
A carta a Tito nos encoraja a defender a verdadeira fé em Cristo das falsas doutrinas e dos falsos mestres, que só causam transtornos. O líder deve falar o que convém a doutrina sadia (2.1). Para alcançar tal êxito, é necessário ser um verdadeiro amante da Palavra de Deus e estudá-la diligentemente. Os líderes espirituais devem estar preparados para batalhar pela fé e para responder a qualquer um que pedir a razão da esperança que neles há.
O apóstolo Paulo orienta a Tito sobre como lidar com os vários tipos de pessoas que encontramos na igreja: homens, mulheres, idosos, jovens, servos, etc. Essas observações são muito importantes, pois muitos líderes não sabem lidar com cada tipo de público. Alguns sabem exatamente como tratar os mais velhos, porém não sabem como instruir os mais novos; outros procuram agradar os jovens, esquecendo-se do cuidado com os idosos. Entretanto, mais do que ensinar a igreja, Tito tinha que ser um exemplo em todo seu modo de agir (2.7). São os líderes que precisamos hoje: que não somente anunciam verdades, mas que vivam essas e por essas verdades.
Paulo relembra a Tito aquilo que nunca podemos esquecer: a nossa redenção através de Jesus Cristo, que é um dom da graça de Deus. E a salvação concedida por Jesus nos chama a “renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta presente era” (2.12). Somos lembrados de nosso estado pecaminoso, antes de encontrarmos a Cristo, “onde servíamos à maldade e à inveja” (3.3), apesar dessa situação desesperadora, não porque fizemos algo de bom ou justo, mas por causa de sua bondade, “Ele nos salvou por meio do lavar regenerador e renovador do Espírito Santo” (3.5). Sendo, agora, salvos, devemos nos empenhar em praticar boas obras, pois a verdadeira fé em Jesus Cristo é seguida de boas obras.
Cada instrução que encontramos nessa epístola deve ser presente em nossas vidas. Paulo escreveu a Tito: “Prega essas instruções, encoraja e repreende com toda autoridade. Ninguém te menospreze!” (2.15). Ninguém, nenhum cristão pode deixar de dar o valor devido às palavras do Senhor.
São três capítulos da Bíblia que ricamente nos abençoam e orientam. Bem falou Martinho Lutero acerca da carta a Tito: “Esta é uma epístola curta, mas é um resumo da doutrina cristã, e, composta de tal maneira que contém todo o necessário para o conhecimento e a vida cristã”.
Marco Antonio da Silva Filho
Bibliografia:
Bíblia Shedd. São Paulo: Vida Nova, 1997.
Novo Testamento com Salmos e Provérbios King James. São Paulo: Abba Press, 2007.
PEARLMAN, Myer. Através da Bíblia Livro por Livro. São Paulo: Editora Vida, s. d.
UNGER, Merril Frederick. Manual Bíblico Unger. São Paulo: Vida Nova, 2006.

P. S. Esse foi um trabalho solicitado no Curso Básico em Teologia da FAFITEAL, por meu professor da disciplina de Epístolas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...