terça-feira, 19 de abril de 2011

Quanto entendimento!

Quanto entendimento! Sim! Quanta sabedoria! O conhecimento de Deus é imenso!

Quando se começa a refletir na grandeza de Deus, pode-se ver quão grande é o poder do Senhor. No Salmo 147.4 está escrito: "conta o número das estrelas, chamando-as a todas pelos seus nomes". É muito interessante o comentário sobre este versículo da Bíblia de Estudo Dake (não me chamem de herege, só estou aproveitando algo bom! — quem lê entenda!):


Os astrônomos afirmam que há mais de 40 sextilhões de estrelas que são sóis de outros planetas. Deus conhece o número exato delas porque foi Ele quem as fez (v. 4; Is 45.18). Há mais de 500.000 palavras no Webster's Unabridged Dictionary. Se Deus tem um nome para cada estrela, então o total desses nomes encheria cerca de 80 quatrilhões de livros do tamanho desse dicionário... Não é de admirar que o salmista diga no versículo seguinte: "Grande é o nosso Senhor e de grande poder, o seu entendimento é infinito".*


Enorme é a grandeza do Criador! Veja o que está escrito: "Ele é o que está assentado sobre o globo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos" (Is 40.22). A terra e seus habitantes não são nada, comparados a Ele. É importante ressaltar que o livro de Isaías — escrito por volta do séc. XIII a.C. — já denota a redondeza da Terra.

Você também pode ver a supremacia de Deus? Não? Durante a noite, quando o céu estrelado estiver visível, "Levantai ao alto os olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que faz sair o seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais ele chama pelo seu nome; por ser ele grande em força e forte em poder, nem uma só vem a faltar" (Is 40.26).

Não foi à toa que Paulo escreveu: "Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. (Rm 11.33-36)

Mesmo o homem sendo tão pequeno e Deus, tão grande, o Senhor Jesus escolheu morrer pela humanidade. Porque Deus não só possui o maior poder e a maior sabedoria, Ele também possui o maior amor! "Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos" (Jo 15.13).

A ele, pois, a glória eternamente. Amém! (Rm11.36)

Marco Antonio da Silva Filho

*As notas da Bíblia de Estudo Dake datam de 1961-63.

Um comentário:

  1. Graça e PAZ,
    Você escreveu:
    “É muito interessante o comentário sobre este versículo da Bíblia de Estudo Dake (não me chamem de herege, só estou aproveitando algo bom! — quem lê entenda!):”
    Li o texto e não vi motivos para sua preocupação (ser chamado de herege), mas, se o motivo for à fonte (Estudos da Bíblia Dake) de onde você tirou o comentário, não se preocupe, apesar da mesma conter estudos ou comentários de caráter herege, fantasioso, ficcionista; contrário a exegese e hermenêutica da Sagrada Escritura (dentro de uma visão ortodoxa) possui excelentes comentários e são úteis para edificação de nossa fé.
    Meu amado, o filtro deve estar nos comentários? “sim” descubra a origem do peixe (de que rios ou água foram tirados ou elaborados os comentários) de águas vivas? Ainda assim, por causa do dedo do homem retire as espinhas! Aproveite bem o restante, pois servirá para alimentar a alma e transparecer alegria ao rosto. Afinal todo o comentário que você fez é puramente Bíblia. Não tem motivos para analise ou desconfiança herege
    A polêmica Bíblia de estudo Dake foi relançada em português, sem os cortes feitos pela equipe editorial da CPAD. A parceria com a editora assembleiana foi desfeita. A versão integral já está à venda, e sai apenas com o selo da Editora Atos (foto).
    O diretor executivo da CPAD, esteve na Dake Publishing, em Atlanta, no final do ano passado. Nesse encontro, ele teria proposto a mesma coisa que fez Gary Haynes: publicar a Dake sem cortes, desde que a CPAD pudesse fazê-lo de maneira independente, ou seja, sem o peso da parceria com a Atos. Mas os americanos não concordaram, em razão do contrato firmado com a outra editora.

    Adaias Marcoa
    Continue na SANTA PAZ.

    ResponderExcluir